Patrícia Torres

Sample image

  • + Nível: Pós-graduação
  • + Curso: Edcação Ambiental e Patrimonial
  • + Orientadora: Profª Ana Zélia M. Moreira

 

 

Patricia Torres Porpino Dias concluiu o curso de pós-graduação em Educação Ambiental e Patrimonial, tendo já apresentado seu TCC - Artigo Científico, que pode ser baixado e lido na íntegra acessando este link: Artigo Científico - Patricia Torres Porpino Dias.

Trata-se de um estudo de caso que recebeu o título: LEVANTAMENTO PARCIAL SOBRE A VISÃO DOS NATIVOS EM RELAÇÃO AOS IMPACTOS CAUSADOS PELO TURISMO NA PRAIA DA PIPA-TIBAU DO SUL/RN, desenvolvido a partir da necessidade de se conhecer a visão das pessoas que nasceram e cresceram na Praia de Pipa, e que, apesar de se beneficiarem do potencial turístico da região, não contribuem para a preservação ambiental deste balneário, através do que fazem ou deixam de fazer para coibir os impactos advindos deste crescimento turístico e de se planejar uma maneira de inserir o nativo morador na dura batalha que é conter a degradação desse paraíso ecológico que se tornou um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte e do Brasil com crescimento de forma sustentável.

A Patrícia nossos votos de felicidade em sua carreira. Conte com o IFESP para novas parcerias, com vista a seu processo de formação continuada.

Parabéns...

Abaixo segue a introdução deste trabalho de conclusão de curso.

Introdução

O presente trabalho é um estudo de caso intitulado “LEVANTAMENTO PARCIAL SOBRE A VISÃO DOS NATIVOS EM RELAÇÃO AOS IMPACTOS CAUSADOS PELO TURISMO NA PRAIA DA PIPA-TIBAU DO SUL/RN” foi desenvolvido a partir da necessidade de conhecer a visão das pessoas que nasceram e cresceram no lugar e se beneficiam do turismo e que, de alguma maneira, contribuem pra a degradação ambiental da Praia de Pipa, sabendo o que elas fazem ou deixam de fazer para coibir os impactos advindos deste crescimento turístico e de se planejar uma maneira de inserir o nativo morador na dura batalha que é conter a degradação desse paraíso ecológico que se tornou um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte e do Brasil com crescimento de forma sustentável. Este estudo se baseou em entrevistas a nativos moradores que tem o seu sustento alicerçado no turismo, em análise comparativa de registros fotográficos, observações in loco, leitura de material produzido por moradores nativos e materiais já produzidos em estudos anteriores, levando em consideração a observação pessoal diária da degradação que a Praia de Pipa vem sofrendo nos últimos trinta anos. Este é apenas um primeiro estudo a fim de mostrar o ponto de vista dessas pessoas locais diante de um problema que é universal.

Ler documento completo...