IFESP interioriza cursos no RN

Sample image

  • + Criador: Tribuna do Norte
  • + Local: Natal
  • + Data: 30/05/2015

O Instituto de Formação de Professores Presidente Kennedy oferta cursos de licenciatura nas áreas de Letras, Matemática e Pedagogia. Oferta também cursos de pós-graduação Lato Sensu (especialização) em seis áreas. Associados aos cursos de pós-graduação vinculam-se grupos de pesquisas. Hoje, estão instalados os grupos de pesquisa de Matemática, Língua Portuguesa, EJA (Educação de Jovens e Adultos), Gestão e Formação Docente, e Corporeidade.

Atualmente, o Kennedy tem oferecido diversos cursos de extensão em áreas como Matemática, Língua Portuguesa, Educação Física, Geografia, Artes, História, Educação Ambiental, Educação Sexual, e Estudos das obras de Paulo Freire. Esses cursos têm acontecido dentro da região metropolitana de Natal, voltados principalmente para as quatro escolas que compreendem o Complexo Educacional Presidente Kennedy – Escola Estadual Edgar Barbosa, Escola Estadual Presidente Kennedy, Escola Estadual Joaquim Torres, e Escola Estadual Manoel Villaça..


Professores do Kennedy colaboram com outras escolas estaduais

O coordenador pedagógico do Instituto, professor José Paulino Filho, diz que um dos maiores propósitos do Complexo Educacional é fazer valer uma integração curricular entre as cinco escolas, sob a coordenação do IES Kennedy. “O Instituto quer atuar no Complexo com o objetivo de ajudar no acompanhamento da execução pedagógica curricular para as escolas”, fala Paulino. O Instituto Kennedy já vem acompanhando e contribuindo com as jornadas pedagógicas das escolas do Complexo, com a oferta de oficinas, ações de pesquisa e a abertura para utilização de seu laboratório de Matemática. O Instituto também reserva um número de vagas em seus cursos de extensão, graduação e pós-graduação para professores e gestores das escolas que compreendem o Complexo Kennedy.

Funcionando no bairro de Lagoa Nova, Natal, o Instituto Kennedy atende em suas ações de ensino, pesquisa e extensão a cerca de 1.000 alunos, muitos desses vindos de municípios do interior do Rio Grande do Norte. O complexo educacional, que compreende o próprio IES e mais as quatro escolas localizadas nas proximidades, conta com mais de 3.000 alunos. Em sua estrutura própria, o IES Kennedy tem 02 laboratórios, 13 salas de aula, 02 auditórios, 01 biblioteca, sala de gestão administrativa, sala de coordenação pedagógica, sala de gestão financeira, sala de registro acadêmico, sala de assessorias de planejamento, sala de professores com dois ambientes, e o NEPE (Núcleo de Estudos, Pesquisa e Extensão na Educação) que abriga a Pesquisa e Ensino de Pós-graduação. Conta com 41 professores formadores, 12 funcionários técnico-administrativos e 01 bibliotecário.

A interiorização do Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy planejada para acontecer ainda este ano representa uma das notícias mais significativas em se tratando de ensino público no Rio Grande do Norte. O Instituto Kennedy, como é conhecido no Estado, representa um nome referência na formação inicial e continuada de professores. Com sua condição de IES (Instituição de Ensino Superior), o Instituto Kennedy tem ampliado sua atuação em se tratando de formação para o exercício do magistério e sua presença é requisitada em diversas regiões do Rio Grande do Norte.

“Pretendemos fazer a interiorização das ações do Kennedy através da Educação à Distância ainda este ano. Estaremos iniciando a oferta de cursos de extensão e posteriormente de pós-graduação e de graduação. Existe uma grande solicitação de cursos por parte de professores da rede estadual de cidades de várias regiões do Rio Grande do Norte”, afirma a diretora geral do Instituto, Marlene Fernandes Ribeiro.

A diretora geral também informa que o Kennedy irá ofertar mais vagas no 2º semestre deste ano para alunos de Pedagogia. Serão pelos menos 04 turmas com 25 a 30 alunos com aulas de segunda à quinta-feira nos períodos matutino e vespertino. Turmas dirigidas para professores e funcionários da rede estadual. Turmas que também contemplam professores egressos da rede municipal através de convênio existente com a Prefeitura de Natal.

Fundação
A Escola Normal de Natal criada em 1908 se transforma em Instituto de Educação em 1960 e em Instituto de Educação Presidente Kennedy no ano de 1965 durante o governo Aluízio Alves. Já em seu prédio atual, no bairro de Lagoa Nova, construído no governo Aluízio Alves, contando com financiamento do programa norte-americano Aliança para o Progresso. O novo Instituto Presidente Kennedy teve como responsabilidade fundamental capacitar estudantes para o exercício do magistério. Tarefa primordial que permanece até os dias atuais sob a forma moderna da capacitação em níveis inicial e continuada para o exercício qualificado do magistério.